sábado, 14 de agosto de 2010

Ano 2003 Linha 2127 – Liberdade

Eu e mais duas amigas estávamos indo para a Liberdade. Entramos no ponto da Av Guilherme e sentamos nos bancos de trás. Tinha um baiano-bêbado-tarado causando... falando um monte de bosta! Baixaria pesada!

O cobrador tentava dar umas prensas nele, mas bêbado é foda, vira macho-valente!

Lá no Largo da Concórdia entra uma cambada de boliviano, cheio de sacolas, quinquilharias e filhos (dois filhos pra cada meio adulto). Um dos bolivianos cismou que queria sentar do lado do bêbado tarado. Mas o cara tava sentado meio jogado, nos dois assentos.

O que o boliviano tinha na cabeça, eu não faço idéia. Só sei que ele insistia com o bêbado que queria sentar do lado dele de qualquer jeito.

E o bêbado-valente dizia:

- Tem tantos lugares, senta em outro! Ou então, vai sentar no meu colo!
O cobrador tentou apartar, afinal tinham outros lugares vagos. Mas não, o bolivia insistia.

Nem o bêbado acreditava em tamanha insistência.

Daí, quando a situação não poderia ficar pior, o boliviano se estressou de tanto pedir e sentou no colo do bêbado.

A gente não acreditava naquilo, era surreal!!!!! Nem o bêbado acreditava! O boliviano sentado no colo do bêbado!

Ele ficou por lá até descer no Terminal Pedro II. E o bêbado gritando:

- Quer dar pra mim! Quer dar pra mim! Tá sentado no meu colo porque?
S-U-R-R-E-A-L...

Moral da história: Não desafie um boliviano, você pode acabar com ele no seu colo!

Um comentário:

  1. Todo mundo sabe que a Bolívia gosta de "gozar com o pau dos outros"!

    ResponderExcluir